Cara a Cara: Moro proíbe defesa de Lula gravar interrogatório nesta quarta-feira

O juiz da Lava Jato indefere pedido dos advogados do ex-presidente que queriam fazer filmagem autônoma da audiência marcada para quarta-feira, 10, em Curitiba; magistrado argumentou que acusado e defesa teriam objetivos “absolutamente estranhos à finalidade do processo”

 

barra-radar

letra-ojuiz federal Sérgio Moro proibiu a defesa de Lula de gravar em áudio e vídeo o interrogatório do ex-presidente, marcado para esta quarta-feira, 10, na sede da Justiça Federal em Curitiba. Pela primeira vez Moro e Lula vão ficar frente a frente. O ex-presidente é réu na ação penal do caso triplex – imóvel situado no Guarujá, litoral de São Paulo, cuja propriedade a Lava Jato atribui ao petista, o que ele nega.

Os advogados de Lula pediram alterações na forma como será feita a gravação do depoimento, alegando que a prática vigente não permite um registro fidedigno de todo o ato processual e expõe uma imagem negativa do réu. A defesa também havia pedido para fazer um vídeo próprio como uma prerrogativa funcional do advogado.

“Será mantida a forma de gravação atual dos depoimentos, focada a câmara no depoente, pois é o depoimento a prova a ser analisada, e fica vedada a gravação em áudio e vídeo autônoma pretendida pela Defesa de Luiz Inácio Lula da Silva”, disse o juiz.

faviconradardfPostado por Radar

 

VÍDEO EMOCIONADO: NAMORADA DE MARCELO REZENDE AGRADECE A FÃS

Dois dias após a morte de Marcelo Rezende, em decorrências de uma complicação de um …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *