O presidente do PTB confirmou que tem conversado com todas as forças políticas de centro direito e de direita do DF para se unirem em torno de um projeto político capaz de vencer as eleições majoritárias do próximo ano.

“CHAPÃO” DE ALÍRIO COM JOE VALLE, CRISTOVAM E FREJAT DESANIMA ROLLEMBERG

O presidente do PTB e ex-deputado Alírio Neto, não tem feito outra coisa que não seja o de tentar formar uma chapa majoritária capaz de vencer as eleições em 2018. Para isso, o petebista tem conversado com o presidente da Câmara Legislativa Joe Vale (PDT), com o ex-candidato a governador Jofran Frejat (PR) e com o senador Cristovam Buarque (PPS). A movimentação do quarteto assusta o governador Rodrigo Rollemberg que sonha em se reeleger no próximo ano

“Se o governador Rodrigo Rollemberg pensa em se reeleger enganando o povo com inauguração de obras insignificantes e gastando milhões de reais em propaganda virtual e enganosa de uma gestão que não existe, está verdadeiramente enganado”, disse nesta terça-feira (02), Alirio Neto ao Radar.

O presidente do PTB confirmou que tem conversado com todas as forças políticas de centro direito e de direita do DF para se unirem em torno de um projeto político capaz de vencer as eleições majoritárias do próximo ano.

“Tenho conversado com o presidente da Câmara Joe Vale, com Jofran Frejat que disputou em 2014 o governo do DF; com o senador Cristovam Buarque e com outros líderes dos maiores partidos do DF para que junto possamos marchar unidos para livrar o DF do caos que foi metido durante a gestão de Agnelo e Rollemberg”, afirmou o petebista.

A notícia da construção da chapa de oposição que invadiu as redes sociais nesta terça-feira (02), abalou as pretensões de reeleição do governador Rodrigo Rollemberg. O Radar apurou que o núcleo político do governo de Brasília tenta de todas as formas atrair de volta José Antonio Reguffe, afastado de Rollemberg por não ter cumprido com o acordo de que adotaria a isenção de imposto sobre medicamentos, principal bandeira política do senador.

A proposta de isentar de cobrança tributária distrital os medicamentos vendidos no DF foi apresentada por Reguffe ao grupo de especialistas que montaram o plano de governo de Rodrigo Rollemberg em 2014.

A iniciativa, ao lado da proposta de redução de 60% no número de cargos comissionados na estrutura administrativa do DF, foi, inclusive, condição imposta por Reguffe para consolidar a aliança com o socialista.

Os seguidores de Rollemberg acreditam que a única forma de acabar com o “chapão”,  formado por Alírio é atrair Reguffe para a base socialista,  principal avalista político eleitoral da  reeleição do senador Cristovam Buarque. Resta saber se o senador Reguffe vai cair mais uma vez no conto do vigário.

 

ROSSO MANDA DETONAR COM ROLLEMBERG, MAS NÃO LARGA A “BOQUINHA” DO GOVERNO

Em um programa da Rádio Redentor de Taguatinga, o vice-governador do Distrito Federal, Renato Santana …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *