Assim como a justiça deu direito aos funcionários do BRB, diretores da Caesb, Terracap e CEB entram na justiça para garantir a volta dos seus polpudos salários

DECISÃO VERGONHOSA ABRE CAMINHO PARA A VOLTA DOS SUPERSALÁRIOS NO DF

Uma decisão liminar (provisória) do juiz da 18ª Vara do Trabalho de Brasília, emitida na terça-feira (8), que manda manter a farra dos supersalários aos funcionários do BRB, motivou os funcionários da CEB, CAESB e Terracap a também entrar na justiça para garantir a continuidade das benesses dos altos salários

Sindicatos como o Sindágua, Sindicato dos Urbanitários e o Sindser seguirão o mesmo caminho feito pelo Sindicato dos Bancários, que derrubou na justiça a Emenda à Lei Orgânica nº 99/2017, aprovada em maio, que havia acabado com a farra dos supersalários dos funcionários do Banco de Brasília (BRB).

A decisão judicial dada pela 18ª Vara do Trabalho de Brasília, estipulou, em caso de descumprimento da liminar, a multa no valor diário de R$ 1 mil por empregado prejudicado. O governo Rollemberg não sabe se vai recorrer contra a decisão.

O fato foi comemorado pelos outros sindicatos que acreditam que a decisão do juiz da 18ª Vara do Trabalho sirva de janela  para derrubar a lei que também impede que diretores da Caesb, Terracap e CEB recebam os seus supersalários.

 

NO RUMO ERRADO: ROLLEMBERG LEVA PERIGO DE MORTE ÀS FAMÍLIAS DO SOL NASCENTE

Se chover forte neste final de semana, cerca de 40 casas da Rua 14 do …

Um comentário

  1. Isso é o judiciário decidindo em benefício próprio, já que é lá onde se encontram os maiores supersalários, muito acima do teto constitucional. Eles tem coragem de cortar salário de professor, bombeiro, médico que ganha acima do teto, o salário deles eles não cortam, MUITAS VEZES acima do teto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *