ELEIÇOES NO ENTORNO: Cidades terão reforço na segurança para eleições municipais deste domingo

tiroteio-em-itubiaraPM promete segurança total em Santo Antonio do Descoberto, onde ocorreram assassinatos de candidatos e TRE proíbe  realização de carreatas neste sábado.

linha

letra-aComissão de Segurança Permanente da Justiça Eleitoral, formada pelo Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO), Polícia Federal, Polícia Civil, Ministério Público Federal e Polícia Militar, divulgou nesta sexta-feira (30), em Goiânia, como será o esquema de trabalho para as eleições municipais. No total, 246 municípios goianos vão escolher seus próximos prefeitos e vereadores no próximo domingo (2).

A Polícia Militar de Goiás informou que, no total, 10 mil policiais serão deslocados para reforçar a segurança em 17 regionais do estado. A partir das 18h deste sábado (1º), os militares já farão a guarda de 2.497 locais onde estarão as urnas de votação.

á o coronel Anésio Barbosa da Cruz Junior informou que, ao todo, 50 cidades goianas solicitaram um reforço mais efetivo de segurança. Entre elas estão municípios como Aparecida de Goiânia, Uruaçu, Formosa e Jataí.

Além disso, em Itumbiara, no sul do estado, onde um atentado matou o candidato a prefeito José Gomes da Rocha (PTB), de 58 anos, conhecido como Zé Gomes, e o policial militar Vanilson João Pereira, de 36, haverá o reforço de tropas do Comando de Operação de Divisas (COD) e do Grupamento Aéreo (Graer). O atentado também deixou dois feridos, entre eles o vice-governador de Goiás, José Eliton Júnior (PSDB), de 44.

Mortes e desaparecimentos de pessoas ligadas às campanhas eleitorais nos municípios do Entorno do Distrito Federal levaram o Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO) a pedir reforço no policiamento. Segundo a Corte, dos seis polos considerados mais críticos no estado, três são limítrofes com o Distrito Federal: Águas Lindas, Santo Antônio do Descoberto e Formosa.

A campanha de Santo Antônio do Descoberto carrega duas mortes. Por isso, o município está entre as preocupações do TRE-GO. No período eleitoral, morreu o vice-presidente do Partido da República (PR) na cidade goiana, Paulino Rodrigues da Silva, 58 anos, e o jornalista João Miranda do Carmo, ambos alvejados. O vice-prefeito, Valter da Guarda Mirim, que é candidato nesta eleição, também foi intimidado por dois homens armados.

Como medida de segurança o TRE proibiu realização de carretas programadas pelas coligações para este sábado.

Postado por Radar

 

RONALDO CAIADO EXALTA GESTÃO DE IRIS REZENDE EM GOIÂNIA

Ao lado do prefeito Iris Rezende (PMDB), senador Ronaldo Caiado (DEM) acompanhou neste sábado (24) …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *