Mais de 800 detentos da Papuda são liberados pela Justiça para o “saidão” do Dia das Mães

A Vara de Execuções Penais, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios, autorizou 896 detentos a deixarem as unidades prisionais para a saída especial do Dia das Mães, celebrado no domingo (14). Quem não retornar na segunda-feira (15) será considerado foragido

 

barra-radar

letra-ochamado saidão começará às 7 horas desta sexta-feira (12) e terminará às 10 horas de segunda (15) — aqueles que trabalham fora poderão retornar após o fim do expediente. O benefício é para presos que cumprem pena no regime semiaberto e que têm autorização de trabalho externo e saídas temporárias.

Quem não retornar no dia e no horário previstos será considerado foragido e poderá perder direito ao semiaberto quando for recapturado, caso haja decisão da Justiça. O direito ao saidão está previsto em portaria de 2001 da Vara de Execuções Penais. No ano passado, 1.480 presos foram liberados. Desses, 37 não voltaram, o equivalente a 2,5%.

Postado por Radar/Fonte: Agencia Brasília

Tá pronto para ver isso?

ROLLEMBERG SE AUSENTA DE BRASÍLIA, MAS PROÍBE VICE DE OCUPAR O GABINETE NO BURITI

A lei orgânica do Distrito Federal no seu artigo 92 diz que na ausência do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *