Quem roubou o dinheiro da saúde do DF? Lira, relator da CPI, não encontrou nenhum gatuno

Compartilhe:

A CPI da Saúde instalada no ano passado pela Câmara Legislativa do Distrito Federal, com o objetivo de investigar a roubalheira de recursos públicos na gestão da Secretaria de Saúde entre janeiro de 2011 e março de 2016 (ou seja, nos governos de Agnelo e Rollemberg), encerra as suas atividades sem apontar os nomes dos gatunos que saquearam o sistema de saúde pública. Esse resultado malandro já não é mais nenhuma novidade para a população do DF

 

barra-radar

letra-orelator da CPI, deputado Ivonildo Lira (PHS) sem menor pudor escreveu em seu relatório o qual será lido nesta quinta-feira no plenário da Câmara Legislativa que não foram encontradas nenhuma irregularidade na gestão do ex-diretor do Hospital da Criança de Brasília (HCB), Renilson Rehem.

O médico foi afastado do cargo pelo Tribunal de Justiça do DF e Territórios por suspeita de irregularidades em contratos de gestão. Para Lira, Rehem deveria voltar ao cargo. Lira também defendeu que o governador Rodrigo Rollemberg não deve ser culpado pelas deficiências na Saúde do DF.

O relatório também deixa de lado a revelação bombástica feita pelo vice-governador Renato Santana ao ter relatado à presidente do Sindicato dos Servidores na Saúde (SindSaúde), Marli Rodrigues, saber de um suposto esquema de pagamento de 10% de propina nas Secretarias de Saúde e da Fazenda do governo Rollemberg. O relatório de Lira será aprovado hoje pelos distritais sem pedido de indiciamento algum.

redacao-radar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*