As novas viaturas não circulam, como uma verdadeira “radiopatrulha”, porque o rádio não funciona, conforme constatou o Radar.

RÁDIO DE “VIATURAS OSTENTAÇÃO” NÃO FUNCIONA E PM’s SE PRIVAM DE NECESSIDADES FISIOLÓGICAS

Os 450 policiais que tomam conta das 145 “viaturas de luxo” da PMDF não sabem aonde fazer as suas necessidades fisiológicas na hora do aperto. Se não quiser fazer dentro do mato a opção é correr para uma residência qualquer e pedir o banheiro emprestado. Uma humilhação para os policiais que são obrigados a permanecerem no mesmo lugar como bonecos de vitrine ao lado das novas viaturas que não circulam porque o rádio não funciona

A Ordem de Serviço Nº 1579, assinada pelo Comando Geral da Policia Militar do Distrito Federal, diz que os quase 600 PMs  que se reversam em dois turnos para vigiar as 145 viaturas de luxo, que ficam em exibição em cima dos canteiros das cidades do DF,  deverão “se atentar à postura e compostura, primando pela boa apresentação individual e coletiva, seja quando dentro ou fora da viatura”.

Além disso, o documento interno inclui fotos que mostram a estética sugerida para a exibição: sirene luminosa ligada, e pelo menos um militar com colete reflexivo na área externa do carro. Fica proibido o militar se ausentar por mais de dez 10 minutos  sem a permissão do Comando para fazer as necessidades fisiológicas que, a depender do local a onde a viatura estiver estacionada, pode urinar ali mesmo escondido atrás de uma árvore qualquer.

Mas se a vontade for o “número dois” o jeito é recorrer ao comércio da esquina, o posto de combustível mais próximo ou a uma residência e pedir para usar o banheiro. “Um vexame, só”, reclama uma equipe abordada por Radar na tarde de ontem.

As novas viaturas não circulam, como uma verdadeira “radiopatrulha”, porque o rádio não funciona, conforme constatou o Radar. “Não temos como  socorrer alguém que esteja sofrendo um assalto a 100 metros da daqui, já que essa comunicação vem via COPON” e as novas viaturas não estão registradas no sistema”,  afirma um policial.

Os rádios dos corolas não estão configurados na frequência da PM e ninguém informa quando isso irá acontecer. Apesar dos novos veículos tenham sido adquiridos há seis meses, no entanto, até agora, não foi feito o contrato de manutenção.

Esse seria o verdadeiro motivo e justificativa para que as novas viaturas fiquem nos PD’s [pontos demonstrativos] sem atender as ocorrências do 190. Para a população desprotegida a tal “sensação de segurança” criada pelo governo Rollemberg, não passa de mais um blefe. Enquanto isso a bandidagem toca terror no DF.

 

VEJA NO VÍDEO: CRIMINOSOS DO DF ADAPTAM PISTOLAS COMO METRALHADORAS

Ao analisar as imagens de um vídeo, a Polícia Civil do Distrito Federal não tem …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *