“O governador deve estar sofrendo de algum transtorno de perseguição ao enxergar todo o povo de Brasília como um inimigo" afirma o médico

“ROLLEMBERG É UM DESEQUILIBRADO MENTAL”, DIZ O MÉDICO GUTEMBERG FIALHO

Ao ter dificuldades, mesmo tendo que lotear o governo para agraciar deputados distritais em troca de seus votos, para a aprovação da proposta que transforma o Hospital de Base em Instituto, o governador Rollemberg revelou um descontrole emocional fora do comum. Ele botou a culpa pelo caos que se encontra o Sistema de Saúde do DF nos servidores e nos sindicatos da categoria

“Rollemberg é um desequilibrado mental que tem que passar urgentemente por um tratamento psiquiátrico”, foi o diagnóstico dado por  Gutemberg Fialho, presidente do Sindicato dos Médicos do Distrito Federal, ao analisar o vídeo que rola nas redes sociais em que o governador no início da semana passada, em Ceilândia, disse que a culpa pela bagaceira nos hospitais públicos não é do seu governo, mas dos médicos e dos servidores.

Gutemberg não é nenhum psiquiatra, mas como médico ginecologista e do trabalho, atuando em perícias médicas, o presidente do Sindmédico foi além de sua especialização:

“Ele deve estar sofrendo de algum transtorno de perseguição ao enxergar todo o povo de Brasília como um inimigo. Por isso, o ideal, é que ele procure orientação com um especialista para descobrir o que realmente está afetando as emoções desse cidadão”, disse ele ao Radar.

O ataque de fúria de Rodrigo Rollemberg contra os médicos e profissionais da saúde do Distrito Federal tem uma causa, segundo Gutemberg.

“Ele pode até conseguir aprovar na Câmara Legislativa o PL nº 1486/17 que entregue o mais importante Hospital de excelência do DF às organizações sociais, ligadas aos seus esquemas políticos, mas não conseguirá impedir que os servidores da saúde e os mais diversos segmentos da população do DF façam pressão contra a proposta e contra os deputados distritais, ” disse.

Gutemberg afirmou que o governador esperava que os distritais aprovassem a transformação do Hospital de Base em Instituto na sessão da última quarta-feira. No entanto, a pressão dos trabalhadores que lotaram as galerias, segundo o sindicalista, foi grande provocando a suspensão dos trabalhos e a votação sendo transferida para próxima terça (20).

Para o presidente do Sindmédico, o tom desesperador de Rodrigo Rollemberg revela a “mania de perseguição”, sintomas que podem tomar proporções descontroladas como ocorreu durante uma reunião em Ceilândia.

Veja também

LEILÃO DE CARROS APREENDIDOS NO DETRAN-DF OCORRE SEXTA-FEIRA

O terceiro leilão do Departamento de Trânsito (Detran-DF) em 2017 será realizado na próxima sexta-feira …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *