VOCÊ É CANDIDATO EM 2018? ENTÃO FIQUE DE OLHO NO CALENDÁRIO ELEITORAL

Um novo ciclo de mandatos se iniciará no próximo ano e a primeira informação que você precisa saber é a data das eleições 2018. No artigo de hoje, traremos o cronograma completo, aprovado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), para você ficar por dentro da data das eleições. Lembrando que o calendário poderá sofrer algumas modificações ao longo do ano

É muito comum ouvirmos que todos os políticos são iguais e que o voto não passa de mais uma obrigação. Mas, a realidade é bem diferente. As eleições são a maior forma de expressão popular, é através desse processo que uma sociedade se torna democratizada.

Além disso, os votos possibilitam a escolha de representantes e governantes que fazem e executam leis que interferem diretamente em nossas vidas, sendo assim é necessário escolher bem quem irá nos representar.

No ano de 2018, a escolha dos novos políticos farão muita diferença no cenário político, social e principalmente econômico, visto que a situação financeira do país e em especial a do DF não anda muito positiva.

Como de costume, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou o calendário eleitoral com muito tempo de antecedência, sendo assim algumas modificações podem acontecer por conta de imprevistos e situações não planejadas pelo órgão.

Mas, caso o cronograma não sofra alterações, confira qual será as importantes datas das eleições 2018:

2 de outubro de 2017: Termina o prazo para o candidato trocar o seu domicílio eleitoral para o município que irá concorrer.

1 de janeiro de 2018: Torna-se obrigatório o registro das pesquisas eleitorais realizadas pelos institutos de pesquisas.

5 de março de 2018: Último dia para comunicação das instruções das Eleições Presidenciais 2018 pelo TSE.

2 de abril de 2018: Prazo limite para o candidato estar filiado a um partido.

4 de maio de 2018: Data final para o eleitor solicitar a inscrição ou alterar o título de eleitor, transferir o domicílio eleitoral, regularizar a situação ou requerer a transição para Seção Eleitoral Especial (destinada aos eleitores com deficiência ou mobilidade reduzida).

13 de junho a 3 de agosto 2018: Fase em que são escolhidos os integrantes das Mesas Receptoras.

5 de julho de 2018: Passa a ser permitido ao candidato a propaganda intra partidária visando sua nomeação à candidatura. É vetado o uso de rádio, televisão e outdoor.

20 de julho a 5 de agosto de 2018: Período no qual os partidos estão autorizados a promover convenções para a definição dos candidatos.

3 de agosto de 2018: Data limite para o eleitor solicitar a segunda via do título de eleitor fora do seu domicílio eleitoral.

15 de agosto de 2018: Final do prazo para os partidos políticos e coligações registrarem seus candidatos.

16 de agosto de 2018: Início da propaganda eleitoral.

26 de agosto de 2018: Começa a propaganda eleitoral gratuita através do rádio e televisão.

13 de setembro de 2018: Prazo limite para a definição e comunicação dos partidos políticos à Justiça Eleitoral dos gastos de campanha dos candidatos.

15 de setembro de 2018: É publicado pela Justiça Eleitoral o relatório das receitas em dinheiro coletadas pelos partidos políticos para patrocinar as campanhas eleitorais.

22 de setembro de 2018: Prazo final para o eleitor requisitar em seu domicílio eleitoral a segunda via do Título de Eleitor.

29 de setembro de 2018: Fim da propaganda eleitoral gratuita veiculadas no rádio e na televisão.

30 de setembro de 2018: Termina o período da exibição de propaganda eleitoral paga.

7 de outubro de 2018: Primeiro turno.

Caso haja a necessidade de um segundo turno, confira também o seu cronograma!

3 de outubro de 2018: Início da propaganda eleitoral referente ao segundo turno, somente a partir das 17h;

5 de outubro de 2018: Último dia para o mesário que abandonou a votação no primeiro turno justificar sua ausência;

20 de outubro de 2018: Encerramento da propaganda eleitoral gratuita através do rádio e da televisão associada ao segundo turno;

22 de outubro de 2018: Acaba a propaganda eleitoral paga relativa ao segundo turno;

28 de outubro de 2018: Segundo turno.

Postado por Radar/ Fonte TSE

 

 

 

 

ALIADOS DE ROLLEMBERG DISPUTAM O CONTROLE POLÍTICO DO CORPO DE BOMBEIROS DO DF

Nunca na história do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal a disputa política, para indicar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *