Bolsonaro ganha de lavagem da oposição e consegue aprovar Reforma na Câmara

A Câmara aprovou na noite desta quarta-feira (10), em primeiro turno, o texto principal da reforma da Previdência. O placar foi de 379 votos a favor e 131 contra. Eram necessários pelo menos 308 votos (3/5 dos deputados) para aprovar o texto. Nas redes sociais  Jair Bolsonaro escreveu: “O Brasil está cada vez mais próximo de entrar no caminho do emprego e da prosperidade”.

RADAR-DF

A vitória sobre a oposição, que não queria de jeito nenhum, foi atribuída ao presidente Jair Bolsonaro que dialogou com os parlamentares sobre a importância da aprovação do texto da Reforma da Previdência.

O projeto ainda poderá ser modificado porque os deputados passam a votar agora os destaques, que são pedidos feitos por deputados para votar separadamente uma emenda ou parte do texto. Eles precisam ter, também, 308 votos para conseguir mudar o projeto.

O segundo turno pode ocorrer até o final desta semana, segundo o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

O Congresso entra em recesso em 18 de julho. Entre cada turno é preciso um intervalo de cinco sessões do plenário.

Mas esse prazo pode ser derrubado, caso seja aprovado um requerimento pedindo isso. Depois, se aprovado, o texto vai para análise do Senado.

Nas redes sociais Bolsonaro classificou esta quarta-feira como um “GRANDE DIA!”.

“Cumprimento a Câmara dos Deputados, na pessoa do seu Presidente @RodrigoMaia, pela aprovação, em 1° turno (379×131), da PEC da Nova Previdência. O Brasil está cada vez mais próximo de entrar no caminho do emprego e da prosperidade”, escreveu no twitte.

COMPARTILHAR AGORA

 

Segundo lote de restituições do IR 2019, está sendo pago nesta segunda-feira

A Receita Federal faz nesta segunda-feira (15) os depósitos do segundo lote da restituição do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.