Brasil e Mundo

‘Reserva de poltrona’ e ‘localizador’ eram códigos para discutir propina, diz dono da Gol

Em sua delação premiada já homologada pela Justiça Federal, um dos donos da Gol , o empresário Henrique Constantino, revelou que usava expressões relacionadas a passagens aéreas para conversar sobre pagamentos de propina com o operador financeiro Lúcio Funaro . Em matéria publicada pelo o Globo nesta terça-feira (14/05), Constantino …

Continue lendo »