INFECTADO| Presidente do Senado, Davi Alcolumbre, está com coronavírus

O senador Davi Alcolumbre (DEM), presidente do Congresso, está infectado com o novo coronavírus. É o que informa assessoria do senador neste fim de tarde desta quarta-feira (18/03).  Alcolumbre refez o exame na noite de ontem e hoje o resultado atestou positivo para Covid-19.

 

Ainda segundo a assessoria, o parlamentar “está bem, sem sintomas severos, salvo alguma indisposição”. Ele seguirá em isolamento domiciliar, em Brasília, na residência oficial.

Alcolumbre é o segundo senador confirmado com a Covid-19. Nelsinho Trad (PSD) também contraiu a doença.

Ele havia feito o primeiro teste na noite de quinta-feira (12) porque havia tido contato, ao longo da semana, com mais de 20 ministros, parlamentares e assessores que integraram a comitiva do presidente Jair Bolsonaro em viagem aos Estados Unidos, no início de março. Dezoito integrantes dessa comitiva já foram diagnosticados com a covid-19.

Um dos integrantes da comitiva era o senador Nelsinho Trad (PSD-MS), presidente da Comissão de Relações Exteriores, que também teve resultado positivo em seu exame.

Trad havia participado de reunião em sala fechada com a maioria dos líderes partidários da Câmara e do Senado, além de Alcolulmbre e do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Também participaram os ministros Paulo Guedes (Economia), Luiz Henrique Mandetta (Saúde), Jorge Oliveira (Secretaria-Geral) e Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) e o presidente do BC (Banco Central), Roberto Campos Neto (Banco Central).

Na quinta passada, Alcolumbre viajou para o Amazonas com seis senadores e 11 deputados, além de assessores — uma delas apresenta sintomas de um forte resfriado.

Também nesta quarta-feira, o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, informou que o seu exame para coronavírus teve resultado positivo.

Também foi diagnosticado com a doença o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque.

O general da reserva, que participou da comitiva presidencial aos Estados Unidos e é um dos ministros mais próximos do presidente, tem 72 anos. Já Albuquerque tem 61. Por causa da idade, eles fazem parte do grupo de risco para a doença.

Nas redes sociais, Heleno disse que realizou o exame no Hospital das Forças Armadas (HFA), mas que ainda aguarda a contraprova realizada pela Fundação Oswaldo Cruz.

“Informo que o resultado do meu segundo exame, realizado no HFA, acusou positivo. Aguardo a contraprova da FioCruz. Estou sem febre e não apresento qualquer dos sintomas relacionados ao COVID-19. Estou isolado, em casa, e não atenderei telefonemas”, disse.

Com a confirmação do diagnóstico dos ministros, subiu para 18 o número de integrantes da comitiva presidencial que viajou aos Estados Unidos a serem diagnosticados com a doença.

 

COMPARTILHAR AGORA

 

Mais de 750 brasileiros retornaram ao Brasil em meio à pandemia

  . Um total de 768 cidadãos brasileiros desembarcou no país nesta sexta-feira (3), oriundos …