Giovanne (a esquerda) ao lado do prefeito Hildo (centro) na entrega de 200 escrituras de regularização fundiária do Jardim Santa Lucia II

ELEIÇÃO 2020| Hildo do Candango testa força e carisma de Giovanne Machado em Águas Lindas

|Por Toni Duarte||RADAR-DF

As eleições municipais de 2020 já ocupam grande parte dos debates políticos das cidades do Entorno, como a de Águas Lindas de Goiás, distante 51 km de Brasília. O prefeito Hildo do Candango, que não pode mais ser candidato, deve escolher um nome de consenso que pode ser o de Giovanne Machado para sucedê-lo.

 

Embalado pela grande popularidade nos mais diversos e importantes setores da cidade de Águas Lindas, o vereador e atual secretário de Habitação, Giovanne Machado (PSD) conquistou o apoio do prefeito Hildo do Candango, de deputados estaduais e de vários partidos em preparação a sua primeira disputa como pré-candidato a prefeito da sexta maior cidade do Goiás.

Apesar de não ter ainda batido o martelo, o prefeito de Águas Lindas, Hildo do Candango demonstra simpatia e pode apostar no prestígio popular do seu secretário de Habitação.

Hildo que já está no segundo mandato, reeleito em 2016 e alinhado com o governador Ronaldo Caiado (DEM), precisa jogar certo para se manter forte nas eleições de 2022.

O alinhamento político entre o atual prefeito de Águas Lindas com Caiado neutralizou as pretensões da pré-candidatura de oposição de Marco Túlio pelo Democrata que enfrenta problemas ainda com a prestação de contas no Tribunal Regional Eleitoral (TER-GO) da eleição de 2018 que concorreu como deputado estadual. Ele não se elegeu.

No jogo da sucessão, Giovanne Machado se destaca como favorito do grupo político liderado pelo prefeito de Águas Lindas e consegue boas articulações com o deputado estadual Diego Sorgatto e do ex-deputado federal Marcelo Melo, além do apoio dos partidos políticos que atuam na cidade.

A popularidade do secretário de Habitação cresceu diante do trabalho de regularização fundiária, proporcionando a segurança jurídica das moradias beneficiando centenas de famílias de 40 bairros da cidade.

Além disso, Giovanne conta com o apoio do setor da construção civil após ter organizado um dos maiores movimentos populares ocorrido na história política do município em junho desse ano.

Cerca de três mil trabalhadores e empresários da construção, liderados por Giovanne marcharam para Brasília para debelar a crise no programa “Minha Casa, Minha Vida do governo federal que afetou a economia de Águas Lindas e aumentou o desemprego em todas as cidades do Entorno.

O resultado do movimento foi a conquista da retomada dos recursos necessários para fomentar o setor da construção civil na região.

Com a intervenção do governador Ronaldo Caiado junto ao presidente Bolsonaro, foi feito um remanejamento de recursos de R$2,2 bilhões para o estado de Goiás, além disso, foi feito um aporte de R$112 milhões para o pagamento dos subsídios.

COMPARTILHAR AGORA

 

Kajuru chama senador de “bandido”, “covarde” e “canalha” após vitória no STF

O senador Jorge Kajuru (PATRI-GO) comemorou a vitória sobre Vanderlan Cardoso (PP-GO) nesta quinta-feira (5) …