GUINADA À DIREITA PARA RECUPERAR OS VALORES ÉTICOS

*Por Coronel Jean

Muito tem se falado nos meios de comunicação e nas redes sociais que a população brasileira tem dado uma “guinada” nos seus pensamentos e possíveis escolhas eleitorais rumo àquilo que se costuma caracterizar como Direita, especialmente em oposição a uma evolução que teríamos socialmente adquirido nas ultimas três décadas. Parte da afirmação pode até ser verdadeira mas as premissas usadas podem estar equivocadas.

Exemplificando. De algum tempo pra cá começamos a ouvir das pessoas que devemos amar mais nossa Pátria, que precisamos respeitá-la. A Pátria é, no mais simples dos conceitos, o nosso lar, o lugar de onde se vem, ode nascemos. Me parece existir um sentimento maior de patriotismo no ar e de que é preciso cuidar daquilo que é comum a todos da nação.

Da mesma forma, temos sentido uma maior necessidade das pessoas na afirmação da instituição Família. Muitos dirão que se trata, na realidade, de preconceito àqueles que possuem um tipo diferente dos padrões convencionais.

Eu porém, imagino que as pessoas estão buscando, de fato, os valores que se encontram na “família tradicional” e não especificamente no modo como ela é formada. Respeito aos mais velhos, cuidado com as crianças, união em torno da mesa e das refeições, cuidado mútuo e por aí vai…

A Honestidade é algo que começamos a ver como admirado pelo brasileiro. Me parece que o cidadão quer crer em alguma coisa diferente do velho “jeitinho” tão característico da nossa gente e que carrega consigo, na verdade, uma grande quantidade de desonestidade embutida. Furar a fila não nos parece uma boa opção, especialmente se todos nela resolverem fazer o mesmo.

O apoio à Segurança. Até pouco tempo atrás tudo que se podia ouvir das pessoas à respeito das forças de segurança, era de sua truculência no agir e de como a polícia, em especial, atuava de maneira excessiva.

Não que isso tenha de todo mudado uma vez que nossa sociedade é historicamente violenta, mas aos poucos se começa a ver um apoio, até mesmo incondicional, às forças de segurança.

O que me parece, na verdade, é que a população se cansou de ser assaltada na rua, de ver pessoas queridas perdendo a vida ou sendo agredidas de forma covarde por bandidos que agem de maneira cruel com o cidadão e resolveu, então, que o policial pode estar do lado certo dos fatos.

Talvez esta tal guinada sugerida por muitos analistas sociais não seja assim tão à direita mas sim voltada para valores que a própria população sentiu que perdeu ao longo dos últimos anos. Não seria a hora de todos, digo, todos, ao invés de acusar ou rotular o outro, pensar em recuperar os nossos valores?

*Coronel Jean Rodrigues Oliveira é da reserva da Policia Militar do Distrito Federal : Foi  Comandante dos Batalhões Rio Branco do Lago Sul/ Embaixadas e do Batalhão de Santa Maria, Chefe dos Departamentos de Pessoal e de Logística; Comandante da Academia da Polícia Militar de Brasília; Serviu na Missão de Paz das Nações Unidas do Kosovo, antiga Iugoslávia. Coronel Jean/facebook.com/CoronelJean190@CoronelJean190

COMPARTILHAR AGORA

 

LEI DA REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA: UM AVANÇO QUE FALTA APENAS SER APLICADA

A história. No dia 21 de dezembro de 2017 completará um ano que recebi um …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.