Ibaneis tende escolher Adriano Ibiapina como secretário de Saúde do DF

O médico Adriano Guimarães Ibiapina pode ser o vigésimo nome a ser anunciado pelo governador eleito Ibaneis Rocha para compor a equipe do novo governo no cargo de secretario de Saúde do Distrito Federal. Dos três nomes postos para ocupar o cargo, o nome do cirurgião e ex-diretor do HRAN se destaca como o mais forte. Ele ajudou na construção das propostas de saúde do plano de governo do então candidato ao Buriti, Jofran Frejat

Por Toni Duarte//RADAR-DF

Aos 46 anos, o cirurgião bariátrico e ex-diretor do HRAN, Adriano Guimarães Ibiapina, caiu no gosto do governador eleito Ibaneis Rocha e pode se tonar o 20º nome a compor a equipe de governo do emedebista que toma posse no dia 1 de janeiro do próximo ano. O anúncio pode ocorrer ainda esta semana, segundo informações.

Entre todas as secretarias do futuro governo do DF, a pasta da saúde é a mais disputada pelos vários setores da saúde que desejam emplacar seus candidatos na cadeira numero 1 do órgão. No entanto, o governador eleito Ibaneis Rocha tem observado a movimentação da romaria de postulantes com muita cautela  para no final decidir sem errar.

O setor da saúde é o ponto mais sensível do governo e serviu como a principal bandeira empunhada pelo então candidato Ibaneis Rocha durante a campanha do emedebista ao Buriti. Tirar a saúde da UTI e combater as mortes evitáveis, como as inúmeras que ocorrem até hoje nos hospitais da rede pública, é o compromisso de Ibaneis perante a sofrida população.

Os nomes postos à mesa são: o da cardiologista Núbia Welerson Vieira, que tem como padrinho o ex-secretário de Saúde de São Paulo, David Uip, homem ligado ao atual governador Márcio França (PSB) do mesmo partido de Rodrigo Rollemberg; o sindicalista Carlos Fernando, vice-presidente do Sindicato dos Médicos do DF. Este conta com o apadrinhamento do também sindicalista Gutemberg Fialho.

Por fim, o nome do ex-diretor geral do HRAN (Hospital Regional da Asa Norte), Adriano Guimarães Ibiapina que ajudou a elaborar o programa de Governo voltado para a saúde de Jofran Frejat, que desistiu de concorrer ao Buriti antes mesmo da campanha eleitoral oficial deste ano.

O programa de Frejat foi incorporado 100% ao programa de governo do advogado e governador eleito Ibaneis Rocha. Ibiapina é médico de carreira da Secretaria de Saúde e muito benquisto entre médicos, enfermeiros e trabalhadores em geral da saúde.

Nos últimos cinco dias, o nome do cirurgião tem sido focado pelo governador eleito que iniciou a semana pedindo ajuda ao ex-secretário de saúde Jofran Frejat para pilotar a equipe de transição voltada para fazer uma ampla radiografia sobre a situação da saúde no DF.

“Se Frejat não desistisse da candidatura e vencesse as eleições, Adriano Ibiapina certamente seria o seu secretário de saúde”, confidenciou ao Radar  um aliado de Ibaneis e membro do Governo de Transição.

Procurado pelo Radar nesta terça-feira (20/11), o ex-secretário de Saúde Jofran Frejat deixou  claro que irá ajudar o governador eleito sem, no entanto, influenciar na indicação de nomes para a pasta, apesar da romaria de candidatos que se forma diariamente na porta de sua casa no Lago Sul.

COMPARTILHAR AGORA

 

Para manter “corpo mole”, médicos metem bisturi na garganta de Ibaneis Rocha

luizFraudes na folha de ponto, receber sem trabalhar e queda de braço na justiça contra …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.