Ibaneis tende escolher Adriano Ibiapina como secretário de Saúde do DF

O médico Adriano Guimarães Ibiapina pode ser o vigésimo nome a ser anunciado pelo governador eleito Ibaneis Rocha para compor a equipe do novo governo no cargo de secretario de Saúde do Distrito Federal. Dos três nomes postos para ocupar o cargo, o nome do cirurgião e ex-diretor do HRAN se destaca como o mais forte. Ele ajudou na construção das propostas de saúde do plano de governo do então candidato ao Buriti, Jofran Frejat

Por Toni Duarte//RADAR-DF

Aos 46 anos, o cirurgião bariátrico e ex-diretor do HRAN, Adriano Guimarães Ibiapina, caiu no gosto do governador eleito Ibaneis Rocha e pode se tonar o 20º nome a compor a equipe de governo do emedebista que toma posse no dia 1 de janeiro do próximo ano. O anúncio pode ocorrer ainda esta semana, segundo informações.

Entre todas as secretarias do futuro governo do DF, a pasta da saúde é a mais disputada pelos vários setores da saúde que desejam emplacar seus candidatos na cadeira numero 1 do órgão. No entanto, o governador eleito Ibaneis Rocha tem observado a movimentação da romaria de postulantes com muita cautela  para no final decidir sem errar.

O setor da saúde é o ponto mais sensível do governo e serviu como a principal bandeira empunhada pelo então candidato Ibaneis Rocha durante a campanha do emedebista ao Buriti. Tirar a saúde da UTI e combater as mortes evitáveis, como as inúmeras que ocorrem até hoje nos hospitais da rede pública, é o compromisso de Ibaneis perante a sofrida população.

Os nomes postos à mesa são: o da cardiologista Núbia Welerson Vieira, que tem como padrinho o ex-secretário de Saúde de São Paulo, David Uip, homem ligado ao atual governador Márcio França (PSB) do mesmo partido de Rodrigo Rollemberg; o sindicalista Carlos Fernando, vice-presidente do Sindicato dos Médicos do DF. Este conta com o apadrinhamento do também sindicalista Gutemberg Fialho.

Por fim, o nome do ex-diretor geral do HRAN (Hospital Regional da Asa Norte), Adriano Guimarães Ibiapina que ajudou a elaborar o programa de Governo voltado para a saúde de Jofran Frejat, que desistiu de concorrer ao Buriti antes mesmo da campanha eleitoral oficial deste ano.

O programa de Frejat foi incorporado 100% ao programa de governo do advogado e governador eleito Ibaneis Rocha. Ibiapina é médico de carreira da Secretaria de Saúde e muito benquisto entre médicos, enfermeiros e trabalhadores em geral da saúde.

Nos últimos cinco dias, o nome do cirurgião tem sido focado pelo governador eleito que iniciou a semana pedindo ajuda ao ex-secretário de saúde Jofran Frejat para pilotar a equipe de transição voltada para fazer uma ampla radiografia sobre a situação da saúde no DF.

“Se Frejat não desistisse da candidatura e vencesse as eleições, Adriano Ibiapina certamente seria o seu secretário de saúde”, confidenciou ao Radar  um aliado de Ibaneis e membro do Governo de Transição.

Procurado pelo Radar nesta terça-feira (20/11), o ex-secretário de Saúde Jofran Frejat deixou  claro que irá ajudar o governador eleito sem, no entanto, influenciar na indicação de nomes para a pasta, apesar da romaria de candidatos que se forma diariamente na porta de sua casa no Lago Sul.

COMPARTILHAR AGORA

 

“A paridade salarial da Polícia Civil, agora sai”, diz o governador Ibaneis

Depois de quatro anos de intensa luta pela paridade  salarial entre a Polícia Civil e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.