Ibaneis vence e Rollemberg sofrerá massacre nas urnas, aponta pesquisa

A 18 dias da eleição de segundo turno para o governo do Distrito Federal, o candidato Ibaneis Rocha (MDB), está com 73,6% das intenções de voto, enquanto Rodrigo Rollemberg (PSB),  aparece apenas com 26,4%. Os dados coletados pelo Instituto Paraná Pesquisa foram divulgados nesta quinta-feira (11/10). A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número DF-04143/18

Por Toni Duarte//RADAR-DF

No primeiro levantamento do Instituto Paraná Pesquisa, neste segundo turno da eleição, o candidato ao Buriti Ibaneis Rocha lidera a disputa com 73,6% das intenções de voto contra 26,4% do governador Rodrigo Rollemberg.

Considerando os votos brancos e nulos, Ibaneis soma 64,6% e Rollemberg 23,1%, não sabem 5,3% e “nenhum” somam 6,9%. A pesquisa foi encomendada pelo site Diário do Poder.
Nesta quinta-feira também deverá ser divulgada a pesquisa do Instituto Exata que pode apontar números aproximados do Instituto Paraná.

O resultado do levantamento, divulgado nesta primeira semana do segundo turno da eleição, desestimulou por completo a campanha do socialista. Até a criatura Leila do Vôlei, senadora eleita por Rollemberg, está deixando o criador no meio do  caminho.

O governador Rollemberg reiniciou a  sua campanha sem o apoio de históricos aliados como o Partido dos Trabalhadores (PT-DF) que na eleição de 2010 o ajudou a eleger senador.

Em 2014, Rodrigo Rollemberg venceu a disputa pelo Buriti e de lá para cá governou o DF em cima do discurso da “herança maldita” bilionária deixada pelo governo petista.

Apesar da busca desesperada por apoios de outras forças políticas, no entanto, Rollemberg não consegue aglutinar ninguém por causas de antigas feridas, ainda não curadas, e pelas pontes que destruiu  com seus antigos parceiros.

O Psol, liderado pela professora Fátima Sousa, teria apontado um cartão vermelho em direção do governador.

Nesta quarta-feira (10), Rollemberg decidiu não apoiar nem Haddad (PT) e nem Jair Bolsonaro (PSL) na disputa pela presidência da República. Por trás de tal decisão tem um motivo: nem à esquerda e nem à direita quer aproximação com o  socialista.

O pior governador da história de Brasília segue abandonado por antigos aliados neste segundo turno da eleição que ocorre no próximo dia 28. Se lascou!

COMPARTILHAR AGORA

 

“Ibaneis é o sopro de esperança do povo”, diz Prudente no Parlamento Popular

Rafael Prudente diz no Parlamento Popular, composto por lideranças comunitárias de São Sebastião e região …

Um comentário

  1. Pois o Rollemberg se lascou! Porque o Bolsonaro está forte..veja com quem está Doria do PSDB? Com Bolsonaro, mesmo o partido neutro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.