Lideranças criam “Parlamento Popular” em defesa de São Sebastião

Lideranças comunitárias da cidade de São Sebastião, instalam neste sábado (20/10), o fórum permanente de debates denominado “Parlamento Popular”. O colegiado de líderes, que conta com o apoio do Radar-DF, tem por objetivo discutir políticas públicas que promovam o desenvolvimento econômico e social da região

Da Redação Radar

O lançamento do grupo ocorrerá a partir das 11 horas no box “Point do Goiano” na feira Permanente de São Sebastião. O senador eleito, Izalci Lucas(PSDB-DF), a deputada federal eleita Celina Leão(PP), o presidente da Câmara Legislativa, Joe Valle (PDT) participarão do evento. O candidato a governador Ibaneis Rocha (MDB) será representado por Paco Brito (Avante), candidato a vice-governador da chapa do emedebista.

Para o jornalista Toni Duarte, editor do site Radar DF, a ideia do grupo de líderes da comunidade é criar um espaço democrático, cujo principal objetivo é o de subsidiar o planejamento e as ações junto ao próximo governo do DF para promoção do desenvolvimento econômico e social dos mais de 250 mil moradores de São Sebastião.

Rogério Filho do Morro da Cruz que disputou a eleição para deputado distrital afirmou que São Sebastião não aguenta mais quatro anos de atraso como ocorreu durante o governo Rollemberg, apesar de a cidade ter elegido o distrital Ivonildo Lira em 2014.

“Foi como se não tivéssemos representante. Ele foi mais deputado do governador do que da nossa cidade”, disse. Rogério afirmou que a criação do Parlamento Popular é importante para São Sebastião.

O advogado Valdir Miranda teve 700 votos para deputado federal e diz que 90% de seus votos vieram do eleitorado de São Sebastião.

“O Parlamento Popular, que será instalado neste sábado, pelo conjunto da maioria das lideranças comunitárias da cidade, é uma demonstração de união de forças e revela que a cidade não estará sozinha na luta pela melhoria da qualidade de vida de seus moradores”, destacou.

O professor Rogério Ulysses que já foi deputado distrital por São Sebastião na legislatura de 2006 a 2010, afirmou que a iniciativa como a criação de um fórum permanente de debates é de grande importância para a sobrevivência de uma cidade que há anos se encontra esquecida pelo poder público.

“O Parlamento Popular, constituído por lideranças comunitárias da nossa região, pode dá visibilidade e força política capazes de fazer com que a nossa cidade seja melhor cuidada pelo próximo governante”, afirmou.

O pastor Delmaia, que mora em São Sebastião desde 1995, sabe da importância da união das lideranças em defesa dos interesses econômicos e sociais da cidade.

Pela Rádio Liberdade, emissora comunitária de São Sebastião o pastor trata de assuntos relevantes da comunidade que sofre pela falta de serviços essenciais em muitos de seus bairros como a implantação de esgoto que para ele é uma questão de saúde pública e dignidade humana.

O que o pastor Delmaia fala é verdade. A falta de infraestrutura de saneamento básico na Vila do Boa, por exemplo, sempre foi uma queixa recorrente. Lá não tem rede de esgoto, disse o líder Cristiano que integra o Parlamento Popular. “Penso que com essa iniciativa possamos lutar por melhoria global da cidade como um todo”, afirmou.

A situação precária se repete no Capão Comprido, Morro da Cruz, Vila Palmares e até no distante Café sem Troco.

“A luta pela melhoria de São Sebastião para os  próximos quatro anos passará pelo esforço e pela união de todas as suas lideranças. O Parlamento Popular, que inicia com 35 membros, é o instrumento de luta da cidade”, disse o jornalista e ativista social Toni Duarte.

COMPARTILHAR AGORA

 

E quem disse que uma mulher não pode comandar uma tropa de homens?

O comandante em-chefe da Policia Militar do Distrito Federal Ibaneis Rocha, quebrou um paradigma secular …

Um comentário

  1. Meu caro Redator Toni,

    Fico triste com sua ausência no Senadinho, mas compreendo que você é suficientemente competente para seguir ou mudar seu rumo. Saiba que sou- lhe grato por me ajudar em varias ocasiões e especialmente quando da internação da minha sogra Maria José no famigerado Hospital HDB. Sou grato ao Borges, ao Dr Carlos, a Syulla , a Marta, a Aida e tantos outros. Minha sogra sobreviveu, está em casa e tenho certeza voltará a enxergar pelo menos de um olho.
    Conte comigo irmão .
    Avelar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.