Mulher desaparecida, após ser atacada por homem na parada de ônibus, é encontrada morta

 | Por Toni Duarte//RADAR-DF

Pedrolina Silva  de 50 anos, desaparecida desde domingo (1), foi  encontrada morta com sinais de violência pelo corpo  na tarde desta terça-feira (3/9), em um matagal a beira do Lago Paranoá, na Asa Sul de Brasília. As autoridade policiais, da 6ª DP do Paranoá, estão atrás do assassino. Uma câmera de segurança registrou o momento que a vítima  foi atacada.

Pedrolina, moradora do Paranoá Parque, que trabalhava na Drogaria Vitabel, em Taguatinga, saiu de casa no domingo para se  encontrar com amigas para irem ao Clube ASSEFAZ.

O grupo havia marcado como  ponto de encontro a parada de ônibus em frente à UNIEURO da Asa Sul, às 9:30.

Imagens da câmara de segurança indicam que Pedrolina chegou primeiro ao local.

O vídeo mostra  o momento que Pedrolina foi atacada por um homem que entra em luta corporal com ela para em seguida arrastá-la.

No inicio dessa tarde de hoje, com apoio do Corpo de Bombeiros, policiais sob o comando da delegada Jane Klébia da 6ª DP iniciaram  as buscas.

Pedrolina foi encontrado sem vida com sinais de violência pelo corpo. A polícia iniciou a caçada ao assassino.

 

COMPARTILHAR AGORA

 

BARBARIDADE| Menino de 4 anos morre ao levar 13 facadas do padastro

Um menino de quatro anos morreu no sábado (12) ao levar 13 facadas do padastro …