PAULO OTÁVIO QUER SER CANDIDATO AO SENADO, MAS SEM CHANCE NO PP

 

O empresário Paulo Otávio, vice-presidente do PP-DF, quer ser candidato a senador nestas eleições de 2018. O problema é que o presidente do partido, Roney Nemer, se articula para ser o vice de Jofran Frejat, pré-candidato ao Buriti, em uma possível coligação que reúne PR, MDB, DEM e o próprio PP.

Por Toni Duarte

O sonho de se candidatar ao Senado, pode não se realizar se o  empresário Paulo Otávio permanecer filiado ao Partido Progressistas (PP-DF), onde é o vice-presidente desde  2013. A única chance de PO voltar ao mandato político é como candidato a deputado federal, posição que ele diz não ter nenhum interesse.

A pedra no meio do caminho do ex-vice-governador do DF, é o deputado federal Rôney Nemer, presidente do PP.

Rôney trabalha intensamente para se viabilizar como o vice na chapa encabeçada pelo médico Jofran Frejat (PR).

Nemer não está sozinho brigando pela vaga de vice. O deputado  conta com a ajuda do presidente do MDB, Tadeu Filippelli,  que está cada vez mais próximo de Frejat e ajuda a constuir com outros partidos uma chapa majoritária, liderada pelo ex-secretario de saúde,  capaz de vencer as eleições no primeiro turno.

Sabedor de que não terá nenhuma chance no seu projeto eleitoral para o Senado, Paulo Otávio  busca outros espaços. Já conversou com Paulinho da Força, presidente do Solidariedade, com Gilberto Kassab, presidente do PSD,  e agora está inclinado a ingressar no Podemos.

COMPARTILHAR AGORA

 

“PARTIDO PAPA-DEFUNTO” É OBRIGADO A ENTERRAR CANDIDATURA DE GOUDIM

O PMB-DF, partido controlado por donos de funerárias de Brasília,  anunciou em nota,  nesta segunda-feira …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *