PRESIDENTE DA FUNASA acaba de pedir demissão do cargo

|Por Toni Duarte||RADAR-DF

O presidente da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Ronaldo Nogueira, entregou no fim da tarde desta terça-feira (11/02), ao chefe da Casa Civil Onyx Lorenzoni e ao ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, uma carta de renúncia do cargo que ocupa dede o início do governo Bolsonaro.

 

Nogueira foi um dos alvos da “Operação Gaveteiro” da Polícia Federal, que investiga supostos desvios no Ministério do Trabalho durante o governo de Michel Temer (MDB). Ele era o titular da pasta na época.

O ex-deputado que completaria nesta quarta-feira (12), um ano no comando da Funasa, alega inocência e relata na carta-renúncia lealdade ao presidente Jair Bolsonaro e que vai se defender das acusações.

Ele informou não ter receio da apuração dos fatos e que se coloca à disposição para prestar todos os esclarecimentos necessários às autoridades.

Segue a carta de Ronaldo Nogueira

CartadeDemissãodoPresidente.

 

COMPARTILHAR AGORA

 

A FORÇA DO MITO | Bolsonaro venceria seus adversários, em 2022, segundo pesquisa da Veja

|Da Redação||RADAR-DF A  nova pesquisa eleitoral Veja/FSB, publicada nesta quinta-feira (13/02),  revelou que o presidente …