A partir de 1º de janeiro do próximo ano, os seis pré-candidatos a prefeito de uma das cidades mais importantes do Entorno e a 5ª maior de Goiás estarão mais visíveis aos olhos do eleitorado.

SAIBA QUEM SÃO OS CANDIDATOS| Disputa pela Prefeitura de Águas Lindas se intensificará no início de 2020

|Por Toni Duarte||RADAR-DF

Pelo menos seis pré-candidatos já estão na briga pela cadeira número 1 da prefeitura de Águas Lindas,  distante 45 quilômetros de Brasília. Os nomes mais fortes que aparecem no páreo são: Lucas Antonietti, Marco Túlio, Zé da Imperial, Giovane Machado, Anderson Teodoro e Rogemberg Barbosa. Hildo do Candango (PTB), atual prefeito, ainda não se decidiu a quem apoiará para a sua sucessão.

 

Pelo calendário eleitoral de 2020, aprovado na semana passada pelo Tribunal Superior Eleitoral, as eleições em Águas Lindas, cidade goiana com mais de 300 mil habitantes, acontecerá em 4 de outubro em um único turno.

Enquanto o atual prefeito Hildo do Candango, que não pode mais ser reeleito, fica assistindo tudo em cima do muro, os pré-candidatos ligados a vários grupos políticos da cidade vão à luta.

A movimentação política servirá para alimentar as primeiras pesquisas eleitorais de consumo próprio ou mesmo as registradas junto ao Sistema de Registro de Pesquisas Eleitorais do TSE.

Lucas Antoniete, conhecido como o “homem do sapato branco”, que nunca disputou uma eleição antes, é um dos nomes tidos como “forte” na disputa eleitoral de Águas Lindas.

O médico e empresário, segundo seus aliados, conta com o apoio direto do ex-governador Marconi  Perillo (PSDB).

No mesmo patamar da disputa aparece Marco Túlio que já foi do PT e agora está no DEM, partido do governador Ronaldo Caiado. Para alguns analistas político do município Túlio pode vencer a corrida eleitoral.

O único e grave empecilho que pode o deixar de fora da disputa é uma decisão do Tribunal Regional Eleitoral que o condenou a inelegibilidade pela falta de prestação de contas da eleição de 2018, quando disputou para deputado estadual. Túlio tem dito que vai conseguir se livrar da punição junto ao TSE e muita gente torce por ele.

Se ficar fora, o outro nome de Ronaldo Caiado para disputar a prefeitura de Águas Lindas seria o ex-vereador e primeiro suplente de deputado estadual Zé da Imperial que teria como cabo-eleitoral o próprio Marcos Túlio e o apoio do empresário atacadista e ex-deputado federal José Fuscaldi Cesilio, mais conhecido como José Tatíco.

O vereador Giovane Machado é um nome que ficou robusto como secretário de Habitação da Prefeitura de Águas Lindas.

O vereador que nasceu e cresceu na cidade se projetou ajudando no setor da Construção Civil, a maior indústria que gera emprego e renda no município.

Com o corte de verbas do programa habitacional “Minha Casa, Minha Vida”, Giovani ajudou a organizar uma marcha em junho deste ano que envolveu mais de 500 construtores que desaguou na porta do Ministério de Desenvolvimento Nacional do governo Bolsonaro.

Com a ajuda dos políticos do Goiás e do DF os construtores conseguiram reverter a situação. Tem a simpatia do empresariado local.

No entanto, Machado não é o único auxiliar de Hildo a se movimentar para tentar sentar na cadeira numero 1 da prefeitura de Águas Lindas.

O secretário de Indústria e Comércio do município Anderson Teodoro também faz o mesmo caminho e transita com desenvoltura no meio do agronegócio da região.

O homem tem musculatura política por ter sido o vereador mais votado na história política da cidade na última eleição municipal.

Segundo os analistas, Anderson tem chance de chegar lá se contar com o apoio do quieto Hildo do Candango.

Além de Giovani e de Anderson, tem ainda o vice-prefeito Luiz Alberto Jiribita que agora quer ser também candidato ao posto.

As conversas de bastidores dão conta que o vice do prefeito Hildo pode continuar sendo vice de alguém alinhado ao ex-governador Marconi  Perillo.

Jiribita, um dos mais renomados nomes do rádio brasileiro (com mais de 40 anos de Rádio Nacional) é tido  pela classe política de Águas Lindas como um “homem sério, honesto fiel e discreto”.

Rogemberg Barbosa, atual presidente da Câmara, anunciou que também é pré-candidato a prefeito. Ele é uma espécie de força motora do povo evangélico da cidade.

Tem rejeição? Têm. Algo natural na vida de qualquer político e principalmente no caso dele, que teve cinco mandatos como vereador de Águas Lindas. Isso não é nenhum empecilho para disputar a eleição de prefeito de sua cidade.

No meio da classe política do município é normal alguém perguntar qual nome o atual prefeito Hildo do Candango irá apoiar para ser o seu sucessor.

Em público o prefeito de Águas Lindas tem dito que não irá se meter no jogo de 2020.

Mas, aos mais próximos, ele tem afirmado que estar inclinado a atender os pedidos do ex-deputado federal Jovair Arantes (MDB).

O ex-deputado quer que Hildo apoie o médico Lucas Antonietti; que deixe o PTB de Roberto Jefferson, presidente nacional da legenda, e se mude para o MDB goiano controlado pelos Vilelas.

Nos dois primeiros anos da gestão de Hildo, Jovair foi o deputado federal que mais investiu em Águas Lindas com recursos de emendas parlamentares.

Agora a conta chegou. O  “homem do sapato branco” o preferido de Jovair, de Marconi e dos Vilelas  deve ser o candidato do prefeito. É tudo junto e misturado.

COMPARTILHAR AGORA

 

VALPARAÍSO DE GOIÁS | Programa Municipal de cirurgia de Catarata segue fazendo a diferença na vida das pessoas

O Programa Municipal de Cirurgia de Catarata está fazendo história na região do Entorno do …