“SAÚDE SERÁ PRIORIDADE. VAMOS RECONSTRUIR O SUS PARA TODOS”, DIZ FREJAT

Além de oferecer oportunidades para os aposentados que queiram continuar laborando na saúde do DF, o pré-candidato ao Buriti, Jofran Frejat (PR), disse que o chamamento dos concursados será uma prioridade no seu eventual governo

Por Toni Duarte//RADAR-DF

O pré-candidato Jofran Frejat, está ciente do enorme desafio de governar o Distrito Federal. Ciente e preparado. Gestor e político experiente, sabe aglutinar propostas e articular soluções para os graves problemas enfrentados pela população do DF.

Segurança, Educação, Moradia, Questões Sociais importantes e urgentes, mobilidade urbana, emprego, fomento ao crescimento econômico, tecnológico são pontos cruciais que merecem dedicação e ações eficazes.

“Mas, a saúde é a prioridade do meu eventual governo pela precariedade escancarada do sistema público de Brasília. Não há outras expectativas se não tivermos saúde, se não estivermos vivos”, explica o médico Frejat, que por quatro vezes foi secretário de saúde do DF.

“A ESCS foi criada em nossa gestão! Quando a criamos, muitos torceram o nariz por não acreditar na metodologia inovadora de colocar o aluno em contato com o paciente desde o início do curso. Esse foi um dos primeiros passos da humanização. Hoje, a ESCS é uma das melhores escolas de ciências de Saúde do país”, afirma.

Ao Radar, Frejat disse acreditar na saúde pública e no trabalho realizado pelos servidores. Disse também que irá convocar os concursados que aguardam e fazer novos certames para reabrir leitos fechados de UTI’s e criar novos serviços de assistência à saúde da população.

Questionado pelo Radar onde entra a proposta de contratar servidores aposentados, o médico foi cirúrgico: “qual gestor dispensa colaboradores com a expertise de um ex-servidor que quer voltar a trabalhar, numa área que domina? Todos queremos os melhores”, responde.

O pré-candidato a governador nas eleições desse ano e que vem liderando todas as pesquisas de intenções de votos explica que a proposta de abrir oportunidades aos aposentados da área da saúde, que queiram continuar trabalhando, não implicará em obstáculo para a convocação de concursados.

“Serão atividades específicas, aproveitando o saber e o know how dos profissionais, com carga horária diferenciada. Vamos aproveitar o melhor que eles podem oferecer para melhorar o atendimento e a assistência “, cravou Jofran Frejat.

COMPARTILHAR AGORA

 

Você acredita? Kkkkk… Correio Brasiliense diz que Rollemberg ganha

Uma pesquisa “encomendada” pelo falido jornal Correio Brasiliense, um puxadinho do Buriti, revela nesta quinta-feira …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *