Tem um “dedo duro” no governo do DF. Ibaneis quer saber quem é

Uma troca de mensagens por WhatsApp, entre o secretário de Fazenda André Clemente e o secretário de Educação Rafael Parente, que vazou para a mídia, acendeu a luz vermelha do “alerta máximo” do governador Ibaneis Rocha que agora quer saber quem foi que vazou o diálogo do grupo restrito apenas aos  secretários do governo

Por Toni Duarte//RADAR-DF

Uma espécie de bate-boca virtual pelo WhatsApp  entre o secretário de Fazenda, Orçamento, Planejamento e Gestão, André Clemente com o secretário de Educação Rafael Parente, publicado pelo Metrópoles, nesta terça-feira (02/04), levou o governo a se alto questionar:

“Quem está vazando as conversas restritas apenas aos secretários além do governador e do vice? Precisamos descobrir quem é o Bebiano do Buriti”.

A alusão foi feita a Gustavo Bebiano, que  foi o secretário-geral da Presidência da República, demitido em fevereiro passado, pelo presidente Jair Bolsonaro, acusado de estar passando informações a TV Globo, Folha de São Paulo e Revista Veja, sobre a vida íntima da família do presidente.

A situação constrangedora, no caso do governo Ibaneis, serviu para cada um dos participantes do “grupo dos secretários” falar tecnicamente o essencial ou não falar nada.

Alguns defendem até a radical  extinção  do  grupo e que tudo possa ser resolvido entre eles no âmbito das reuniões de secretários sem celulares por perto.

COMPARTILHAR AGORA

 

FIM DE ANO| Mais de 1.200 policiais farão a segurança no réveillon brasiliense

Sob a coordenação da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP/DF), as forças de …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.