UM GENERAL CONTRA O CAPITÃO PRESIDENTE| “Não me interesso pelo fã clube de Bolsonaro”, diz Paulo Chagas

|Por Toni Duarte||RADAR-DF

O general da reserva Paulo Chagas disse nesta sexta-feira (15), que não se interessa e nem se filiaria ao novo partido que será criado pelo presidente Jair Bolsonaro, que deve se desfiliar do PSL, legenda pela qual foi eleito em 2018. “Não me interesso por fã-clube”,  afirmou o general criticando a criação do novo partido Aliança pelo Brasil.

 

Paulo Chagas, que disputou a eleição para governador do Distrito Federal no ano passado, com o apoio do então candidato à presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL), criticou o fato de o presidente criar um novo partido.

Leia Mais: ALIANÇA PELO BRASIL| “Vou começar um partido pobre, sem dinheiro, sem televisão”, diz Bolsonaro

“Ele dividiu o PSL e agora cria um fã-clube e eu não me interesso por isso”, disse ele ao Radar-DF ao ser perguntado se se filiaria ao novo partido a ser criado por Jair Messias Bolsonaro.

O general disse ainda que segue a vida sem partido.

Importante figura na política do DF, o ex-candidato ao Palácio do Buriti deixou o PRP, partido pelo qual concorreu ao pleito de 2018 e assegurou que até o momento não tem interesse nenhum em se filiar a um partido

O então desconhecido general, no meio político brasiliense, com apoio de Bolsonaro,  surpreendeu ao chegar em 4º lugar na disputa pelo governo local, desbancando figuras históricas como Eliana Pedrosa (Pros).

COMPARTILHAR AGORA

 

FIM DE ANO| Mais de 1.200 policiais farão a segurança no réveillon brasiliense

Sob a coordenação da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP/DF), as forças de …