VEJA O ESQUEMA MILIONÁRIO da Friboi nos governos de Arruda, Rosso, Agnelo e Rollemberg

Os vídeos das delações premiadas feitas pelos quadrilheiros da JBS/Friboi liberados pelo ministro Edison Fachini, relator da Lava Jato, deixam claro que as ajudas para as campanhas de pelos 16 candidatos a governadores, eleitos em 2014, entre entres Rodrigo Rollemberg (PSB) eram propinas disfarçadas de doações legais

 

contrapartida pelos R$ 852.832, disfarçados de doações oficiais, para a campanha vitoriosa de Rodrigo Rollemberg, tinha o fito para que a JBS, a maior empresa de laticínios do mundo, continuasse sangrando os cofres do Distrito Federal como se sangra um boi nos seus  abatedouros.

Na semana passada o governador Rodrigo Rollemberg andou negando que tenha facilitado para a Friboi continuar com seus tentáculos dentro da máquina pública como nos últimos 12 anos.

De Arruda a Rosso e de Agnelo a Rollemberg a empresa dos irmãos Batista faturou R$ 31.070.135,37 milhões com abastecimento de carne e frango superfaturados para alimentar as pobres criancinhas das escolas públicas do DF. Por trás do “bom gesto” dos referidos gestores estava os negócios ilícitos de uma empresa acostumada a roubar o dinheiro do povo brasileiro e a ganacia daqueles que acham que devem se perpetuarem  no poder.

COMPARTILHAR AGORA

 

Protesto de Bia Kicis contra o governo Ibaneis foi um fiasco

Bia Kicis, deputada federal eleita que obteve  86.415  votos nas últimas eleições, fracassou na convocação …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.